Ínicio > Blog > Gato envenenado: o que fazer?
CATEGORIAS

Gato envenenado: o que fazer?

Gato envenenado: o que fazer? Catlicious

Gatos envenenado geralmente é resultado das aventuras por aí, eles acabam se enfiando em todos os cantos, andam pela vizinhança e, muitas vezes, demoram a voltar para casa. 

Podemos achar saudável deixar os felinos livres para andar onde quiserem, mas não é bem por aí. Nessas andanças, os gatos podem comer, lamber, cheirar ou simplesmente tocar em algo tóxico, capaz de desencadear um envenenamento. 

Caso seu gato esteja livre para sair quando e para onde quiser, busque soluções para mantê-lo em casa. Crie ambientes bem confortáveis e receptivos, dentro de casa os gatos estão mais seguros e perto do seu melhor amigo, você!

Porém a intoxicação em gatos pode ocorrer até mesmo dentro da segurança de sua casa. Trouxemos algumas informações para alertar os tutores dos riscos e preparamos dicas de prevenção.

Como identificar um gato envenenado?

Os sintomas de envenenamento em gatos são bem variados, e vão depender da substância ingerida e do grau de intoxicação. Porém existem alguns sinais comuns que ajudam, e muito, na hora de identificar o quadro.

Ao ver o gato vomitando, note se há debilitação ou expressão de total desânimo. Confirmar esses indícios pode significar que o gato está envenenado ou que ele tenha um outro problema digestivo mais simples. De qualquer forma, busque uma orientação veterinária. 

Outro indício é gato com diarreia, principalmente se houver sangue nas fezes. Mas não tire conclusões precipitadas, a diarreia pode apresentar um quadro de problema intestinal, que, nas devidas proporções, é bem menos sério que uma intoxicação.

Outros sintomas de gato envenenado: 

  • Gato babando e/ou espumando;
  • Tosses e espirros;
  • Dificuldade para respirar;
  • Convulsões;
  • Pupilas dilatadas;
  • Espasmos musculares;
  • Falta de coordenação motora.

Em casos avançados de envenenamento, o gato pode perder a consciência. 

Intoxicação em gatos: o que fazer?

Lave superficialmente a boca e as patas do animal e o mantenha em um lugar arejado. Procure o alimento, produto ou planta que causou o envenenamento para levar junto dele ao veterinário, assim, o profissional poderá identificar o problema e indicar qual o melhor procedimento para solucioná-lo. 

Em casos de intoxicação de gato por meio de produtos químicos ou medicamentos, também separe a embalagem e encaminhe ao médico-veterinário. 

Não medique sem prescrição médica. Siga apenas os procedimentos orientados por um profissional, só ele poderá dizer como desintoxicar um gato corretamente.

Causas da intoxicação em gatos

É leviano dizer que o perigo está fora de casa quando é dentro de nosso próprio lar que encontramos diversas armadilhas para a saúde do gato. Não há motivo para pânico ou nada do tipo, apenas leia as dicas a seguir e faça pequenas mudanças. 

  • Alimentos - Gatos precisam apenas de alimentos para gatos. É necessário entender que o organismo deles funciona de forma diferente e que não devem ingerir nossos alimentos.. A cebola é um dos alimentos mais nocivos à saúde dos felinos, mas não acaba por aí, doces, embutidos, alimentos industrializados e gordurosos não são indicados, sendo os maiores responsáveis por casos de gato vomitando. 
  • Remédios - Medique os gatos apenas com remédios indicados a eles. A medicação incorreta está entre os principais casos de envenenamento. Inúmeras soluções, como o paracetamol e o diclofenaco, são extremamente perigosas. 
  • Plantas - Plantas tóxicas para animais é o que mais encontramos em quintais e jardins, para vocês terem uma noção disso, vamos listar abaixo plantas tóxicas para gatos.

Plantas tóxicas para animais:

  • Antúrio;
  • Azaleia;
  • Babosa;
  • Begônia;
  • Bico-de-papagaio;
  • Comigo-ninguém-pode;
  • Copo-de-leite;
  • Coroa-de-cristo;
  • Costela-de-adão;
  • Dama-da-noite;
  • Espada-de-são-jorge;
  • Espirradeira;
  • Hibisco;
  • Hortênsia;
  • Jiboia;
  • Samambaia;
  • Tulipa.

Como evitar que o felino seja intoxicado?

Não conte com a sorte, principalmente se tratando da saúde do seu pet. Para nós, tutores, a pior cena é olhar seu gato vomitando ou demonstrando qualquer atitude suspeita de que algo de errado está acontecendo. 

Se informe muito sobre os barulhos que os gatos fazem, seus comportamentos e como identificar os sintomas de envenenamento. Você já obteve aqui as principais informações sobre envenenamento e até como desintoxicar gato, mas para não passar por uma situação péssima como as descritas ao longo do nosso artigo, vamos dar dicas extremamente fáceis e úteis para evitar a intoxicação.

  • Guarde produtos de limpeza e venenos bem longe do alcance do seu pet.
  • Vai fazer dedetização em casa? Retire o animal da residência e só volte com ele quando tiver 100% de certeza de que não há mais nenhuma substância química no local.
  • Evite que gatos possam lamber ruas, calçadas e portões. Não podemos saber qual tipo de produto passou por ali. 
  • Evite que seu felino saia de casa. Gatos são caçadores e, mesmo bem alimentados, podem comer algo envenenado. 
  • Cuidado com as plantas que cultiva em casa. A lista acima já deu o alerta de quais são tóxicas, mas, na dúvida, consulte um médico-veterinário. 

Nós, amantes de gatos, temos sempre a mesma preocupação: cuidar da melhor forma possível dos nossos pets. Coloque todas nossas dicas e orientações em prática, crie um ambiente divertido e, claro, conte com um petisco DogLicious para tornar toda diversão mais completa. 

Petisco para gatos

Animais especiais merecem saborear delícias especiais. A linha de petiscos para gatos CatLicious é produzida e pensada exclusivamente no paladar do seu bichano. Não queremos nenhum gato envenenado, queremos bem alimentados! 

Catlicious

Brincar e comer vai deixar seu gatinho tão feliz! 

A dica da vez é CatLicious Sticks Beef, um agrado especial e incrivelmente saboroso, produzido a partir de ingredientes selecionados para manter seu peludo sempre lindo e cheio de energia. 

Escreva um Comentário

Avalie o post: *