Ínicio > Blog > Barulho de gato filhote: entenda seu pequeno
CATEGORIAS

Barulho de gato filhote: entenda seu pequeno

Barulho de gato filhote: entenda seu pequeno Catlicious

Acaba de adotar um gato filhote e quer interpretar os sons dele? Existem tantos barulhos de gato filhote, que você vai se surpreender. Apesar de pequenos, eles enchem nosso coração de felicidade e levam muito amor para as nossas vidas e, agora, cuidar deles passa a ser uma missão que deve ser cumprida com êxito.

Os gatos também têm suas necessidades, assim como qualquer outro animal, principalmente quando ainda são filhotes. A forma que esses peludos utilizam para se comunicar é por meio do miado.

Mas como entender o miado de gato filhote? Essa tarefa pode parecer difícil para os “gateiros” de primeira viagem, mas nós vamos ajudar você!

Gato filhote miando muito é normal?

Gato filhote miando muito? Não se assuste, esse é um comportamento bem comum nesta fase. Ao nascerem, eles se sentem protegidos e seguros com sua mãe e irmãos. Sendo assim, quando a separação acontece, é provável que mie com frequência nos primeiros dias na casa nova. Mas não se preocupe, ele não faz isso porque não está sendo bem-cuidado, o verdadeiro motivo desse comportamento é bem mais simples.

Desde o seu nascimento, o filhote de gato costuma miar mais quando sua mãe está longe, para que ela o encontre o quanto antes. Assim, quando você adota um gatinho, ele passa pela mesma sensação de distância e não pertencimento, então recorre ao miado constante para chamar a gata mãe. Mas, com a sua ajuda, ele vai superar esta fase e se desenvolverá muito bem.

O mais recomendável é que ele fique com sua mãe até os dois meses de idade, ou seja, a adoção dos filhotes de gato só deve ser feita após o desmame, pois a amamentação é muito importante para o pequeno se desenvolver com saúde.

Você precisa ajudar seu pequeno companheiro a se adaptar bem à nova vida o quanto antes. Para isso, é importante investir em mantas, almofadas e brinquedos felpudos, como ursinhos de pelúcia, para que ele se sinta quentinho e acolhido, pois, nessa fase, o filhote de gato não consegue regular a temperatura corporal sozinho.

Colocar uma almofada ao lado do gatinho pode ajudar a simular a presença da gata mãe e contribuir para gerar calor.

Barulho de gato filhote: entenda seus motivos

O barulho de gato está persistente? Existem outras razões para que isso aconteça. Nessas horas, é importante ouvir, observar e tentar entender o que o seu pequeno está querendo te dizer.

  • Gato com fome: quando o gatinho está com fome, o miado é caracterizado por um som alto e curto, que geralmente se associa à tentativa de te levar ao local onde a ração está. Além disso, se ele já está no local onde costuma se alimentar, olhando pra você e emitindo esses miados curtos e altos, pode ter certeza de que ele está querendo aquecer o estômago. Lembre-se de que você precisa fornecer uma quantidade de ração específica para o peso e o tamanho do seu filhote.
  • Solidão: os gatos filhotes que costumam ficar muito tempo sozinhos durante a fase de adaptação à casa nova também podem miar mais do que o normal por estarem desacompanhados. Por isso não deixe o seu pequeno por longos períodos sozinho, pois ele pode desenvolver tédio e até mesmo ansiedade. Além disso, podem até surgir alguns problemas de comportamento, como arranhar o sofá ou hiperatividade. Nessa fase, eles precisam de muito carinho, atenção e brinquedinhos de sobra.
  • Recepção: se o seu gatinho te receber com um miado curto e tranquilo, significa que ele está de dando boas-vindas e que está contente com a sua presença.
  • Chamar atenção: é por meio dos miados, carinhos e até mordidinhas, que os gatos costumam pedir sua atenção. Nesse momento, dê muito amor, carinho e cafuné ao seu peludo.
  • Ronronar: esse é o som mais gostoso que os gatos emitem. O ronronar é uma forma que eles usam para expressar seus sentimentos. Geralmente, o gato ronrona quando sente tranquilidade, prazer e satisfação. Se você estiver fazendo carinho no seu pet e ele começar com o ronron, pode ter certeza de que ele está adorando a sessão de amor.

Por que os gatos fazem barulho de motor?

Aquele barulhinho de motor que os gatos fazem, também conhecido como ronronar, está diretamente ligado ao osso que os felinos têm na garganta, o hioide. Esse som está ligado às sensações dos gatos, como tranquilidade, prazer e satisfação. Mas o bichano também pode ronronar quando está com fome.

A linguagem dos gatos. Como eles se comunicam?

Além do miado, os gatos se comunicam através da linguagem corporal. Existem maneiras com que o gato tenta se comunicar conosco, nos permitindo saber o que eles estão querendo dizer.

Expressões faciais de gato

O gato também pode falar com a gente por meio de expressões. Os músculos faciais ficam tensos quando estão nervosos, e quando eles estão felizes ou relaxados, seus músculos faciais também relaxam. Comece a observar.

Piscada de gato

Quando o gato pisca lentamente, pode significar afeto. Trata-se de um gesto de aceitação e eles só fazem isso quando estão absolutamente confortáveis.

Esfregadinha nas pernas

Quando os gatos se esfregam, é como se fosse um abraço humano. Ou seja, quando você passa o dia fora e seu gato se esfrega nas suas pernas, é um comportamento amigável de saudação. Ele está querendo dizer “Seja bem-vindo! Senti sua falta!”.

Como se comunicar com o seu gato?

Aprenda a ouvir seu gato

Aprenda a diferenciar os tipos de miado do gato. Se é um miado curto, pode significar um “Oi!”. Vários miados em seguida podem ser uma demonstração de felicidade. Miado curto e longo significa que ele tem um desejo especial.

Fale com seu gato

Tenha um tom de comando diferente da sua voz normal para falar com o seu gato. Assim, o felino irá entender que a conversa é com ele.

Saiba dizer não

É importante aliar gesto com tom de voz para que o seu gato te entenda. Um “não” bem firme com um leve empurrãozinho já faz o gato entender que não deve prosseguir com o ato. Evite agressões, pois os gatos não entendem como um castigo.

Agradeça seus presentes

Alguns gatos levam para a casa pequenas presas, como pássaros e ratos. Trata-se de um instinto do animal de presentear seus tutores, como se fosse um gesto de gratidão. Quando isso acontecer, não reprima o seu gato, isso pode traumatizá-lo. Agradeça o presentinho surpresa.

Como o gato enxerga o ser humano?

Para os gatos, seus donos são gigantes amáveis da mesma espécie, responsáveis por sustentá-los e protegê-los.

Por que os gatos tratam um membro da casa de forma diferente?

Os gatos são mais inteligentes do que imaginamos. Eles aprendem o que funciona com cada pessoa da casa e sabem qual membro da família está mais disposto a levantar-se de madrugada para mimá-los.

Escreva um Comentário

Avalie o post: *

Comentários - Barulho de gato filhote: entenda seu pequeno

Sidilei Castro de Souza

Gatinha. Td de bom. Adotei uma e estou apaixonado.

Claudia

So quem convive com gatos pode entender como sao amaveis e cativante.

Antonio Elias

Adotei uma gatinha e passei a noite em claro dando atenção a ela, é bem difícil essa transição para eles, porem, paciência e afeto são a chave