Ínicio > Blog > PRESERVANDO A AUDIÇÃO DOS BICHANOS
CATEGORIAS

PRESERVANDO A AUDIÇÃO DOS BICHANOS

PRESERVANDO A AUDIÇÃO DOS BICHANOS Catlicious

Gatos detestam barulho, e não é por frescura não! Entenda o porquê do seu gatinho preferir ambientes silenciosos e saiba o que fazer para preservar a audição e o bem-estar dele.

Você pode até não perceber, mas muitos ruídos que nem nos incomodam tanto costumam ser bem desagradáveis para os gatos. Isso porque a audição deles é milhares de vezes mais sensível que a dos humanos. Enquanto a nossa audição alcança cerca de 20.000Hz, a deles pode alcançar até 65.000Hz, ou seja, três vezes mais!

E não é só a frequência auditiva deles a responsável por fazê-los ouvir sons que você nem imagina (eles ouvem os chamados ultrassons, ruídos agudos imperceptíveis aos humanos). A orelha dos gatos, com seu formato triangular e toda a sua mobilidade, músculos e dobrinhas, funciona como uma “concha acústica”, cheia de peculiaridades. Sabia que os bichanos podem ouvir sons a uma distância cinco vezes maior que a humana sem o menor esforço? É praticamente um superpoder!

Entretanto, ouvir tão bem assim também tem seu lado negativo. Certos ruídos podem assustar os bichanos e gerar grande desconforto; por isso, ao utilizar aparelhos como batedeira, secador de cabelo, aspirador de pó e até mesmo ouvir um som mais alto, tenha o cuidado em mudar seu gatinho de ambiente para preservar sua audição e seu bem-estar. Esse tipo de barulho incomoda, e muito!

Outro ponto negativo é que, apesar da excelente audição, inflamações de ouvido causadas por fungos, bactérias e ácaros, como otite e sarna de ouvido, são muito comuns e também podem comprometer a capacidade dos bichanos de ouvir. Sendo assim, o tutor precisa estar sempre atento aos sinais de que algo não vai bem: excesso de cera, coceira, mau cheiro, cabeça chacoalhando e, em alguns casos, apatia.

Identificar esses sinais e buscar acompanhamento veterinário, não só para tratar o problema, mas para realizar com frequência a limpeza correta das orelhas, é fundamental!

Escreva um Comentário

Avalie o post: *