Ínicio > Blog > Gato chorando à noite: como ajudar o felino
CATEGORIAS

Gato chorando à noite: como ajudar o felino

Gato chorando à noite: como ajudar o felino Catlicious

Gato chorando à noite. Você já se perguntou o que seu bichano quer dizer? A rica linguagem vocal faz do gato um dos animais mais tagarelas. Estudiosos já identificaram 16 vocalizações em três categorias de sons. 

Entender o miado de gato não é uma tarefa fácil. É complicado saber ao certo o que cada som significa, até porque cada bichano tem seu jeitinho especial de se expressar. Mas podemos te ajudar a conhecer os principais motivos dessa falação e entender o que o peludinho quer que você saiba. 

Por que os gatos choram? 

O choro de gato é bem diferente do nosso choro. Isso porque eles o fazem por meio de sons  — e não lágrimas. Este som é bem diferente do som de gato miando, visto que o choro é mais lento, longo e desanimado. 

É importante ficar atento ao som de gato chorando, pois ele pode ser um sinal de que o bichano está com dor. Principalmente se o som for alto, demorado e repetitivo.

O primeiro passo é apalpar o pet para ver se ele realmente está sentindo algum tipo de dor. Se o peludo reclamar quando você tocar em uma determinada parte, é sinal de algo não vai bem. Em seguida, leve-o ao veterinário para uma consulta.

Por isso é importante prestar atenção nos miados do gato

Filhote de gato chorando 

Os casos de gato filhote chorando são mais comuns. Quando separamos um filhote da sua mãe e dos seus irmãozinhos, o mais provável é ouvir o gato miando sem parar durante as primeiras noites na nova casa. Mas calma, ele não faz isso porque não gosta de você, e esse comportamento só tende a melhorar com o passar do tempo. 

Logo após o nascimento, o filhote de gato recém-nascido fica chorando muito até encontrar sua mãe. Quando chega a um lugar novo sem sua mãe e seus irmãos, ele passa pela mesma sensação de separação, recorrendo ao miado para encontrar sua família felina. Para que essa transição seja mais tranquila, é recomendado que os filhotes de gato fiquem com sua mãe até os dois meses de vida.

Ou seja, o fato de um filhotinho miar mais durante os primeiros dias quando está com a gente é completamente normal. O que você pode fazer é oferecer cuidados especiais para que ele se adapte o quanto antes. Monte um cantinho bem quentinho com mantas e coloque um urso de pelúcia ou uma almofada para simular a presença da mãe e gerar calor. 

Por que o gato mia? 

Separamos os principais motivos para que você possa entender melhor o que seu gato está querendo dizer. 

Estresse: você já tentou levar o seu gato ao veterinário e ele começou a fazer um miado alto, longo e grave, como se fosse um cantor de ópera desafinado? Esse miado é típico do estresse. Caso seja necessário pegar o gato estressado no colo, é preciso tomar muito cuidado, pois ele pode se assustar e arranhar o que ver pela frente. Nunca faça movimentos bruscos! 

Fome (ou gula): gato miando alto perto do petisco para gato ou da ração é moleza — ele quer comer! Esse som é caracterizado por um miado curto e constante acompanhado de charme e carinho nas nossas pernas. 

Solidão: gato miando muito, principalmente quando você sai, pode ser sinal de tédio e  solidão, que pode levar à ansiedade. Geralmente, esses miados em excesso são acompanhados de outros probleminhas de comportamento, como arranhar o sofá e hiperatividade. Quando sair, deixe arranhadores e brinquedos próprios para divertir o bichano enquanto você não chega. 

Pedindo atenção: é por meio dos miados e carinhos que os gatos nos cumprimentam. Se ele faz isso, é porque está feliz em te ver e quer um pouco de atenção. 

Cio: a gata no cio costuma fazer um miado alto e bem característico, como se fosse um “grito” para atrair os machos. A partir disso, o barulho só cresce. Os machos atraídos miam em resposta e se concentram perto de onde a gata está. A disputa pela fêmea acaba gerando mais e mais miados, principalmente à noite, já que os bichanos são mais noturnos. É importante sempre tomar as precauções necessárias nesses casos. 

Por que os gatos fazem barulho? 

Os gatos fazem um barulho para expressar seus sentimentos: o ronronado. É um sinal bem claro de que o felino está feliz, principalmente quando recebe carinho. Geralmente, o gato ronrona quando está sentindo tranquilidade e prazer. 

Mas há ronrons comuns e ronrons que são pedidos de comida. Eles são usados na tentativa de conseguir aquele delicioso petisco para gato. 

Melhores petiscos para gato 

Gato chorando, miando e jogando charme pode ser sinal de que ele está querendo uma guloseima. Deixe-o feliz com os petiscos para gatos de CatLicious!

Os petiscos têm texturas, formatos e sabores especiais para os bichanos, conquistando até os paladares mais exigentes. Basta escolher qual sabor ele gosta mais e qual o momento do dia ideal para oferecer o agradinho. Podemos dar uma dica?

Catlicious

Com CatLicious Fiesta Delicious Mix, a alegria do seu bichano está garantida. Produzido com ingredientes selecionados, ele traz diferentes formatos e texturas com todo o sabor. A opção perfeita para tornar os momentos ao lado do seu pet uma verdadeira festa!

Escreva um Comentário

Avalie o post: *

Comentários - Gato chorando à noite: como ajudar o felino

Vera Martins

Parabéns pelas dicas

Vera Martins

Parabéns pelas dicas

Vera Martins

Obrigada

Gisele Martins

Muito bom